Quarta-feira, 18 de Outubro de 2017 -
PUNIÇÃO

Projeto que multa quem desperdiçar água em Itabira deve ser votado nesta terça-feira

02/10/2017 13h28
DIVULGAÇÃO
Projeto estipula multa para quem for flagrado lavando calçadas com água distribuída pelo Saae
Enquete
Você é a favor de multar quem é flagrado lavando calçadas em Itabira?
Sim.
Não.
Ainda não tenho opinião formada a respeito.

A Câmara de Vereadores de Itabira deve analisar nesta terça-feira, 3 de outubro, projeto de lei que multa o cidadão que for flagrado desperdiçando água. A matéria é de autoria do vice-presidente do Legislativo, André Viana (Podemos), que, na semana passada, admitiu se tratar de um assunto polêmico.

O projeto a ser votado nesta terça-feira é um substitutivo ao que havia sido apresentado no fim de agosto pelo vereador. O texto está mais ameno e descarta, por exemplo, multar quem lava carro nas ruas. Assim, a matéria visa enquadrar aquelas pessoas que forem flagradas lavando calçadas com água tratada do Saae. A punição também foi reduzida de R$ 200 para 20 unidades fiscais padrão do município (UFPM), algo em torno de R$ 50.

“Depois da divulgação do projeto fui procurado por alguns proprietários de lava-jatos que manifestaram preocupação com o ramo de atividade se a medida fosse aprovada da maneira que estava. Então, decidi tirar esse ponto, deixando a multa apenas para quem lavar calçadas com a água distribuída pelo Saae”, comentou André Viana.

O dinheiro arrecadado com as multas, segundo o projeto, seria revertido em campanhas educativas voltadas à economia de água. Durante as discussões, o vereador Reginaldo Santos (PTB) sugeriu que a verba também fosse destinada a programas de proteção de nascentes.

O autor da matéria admitiu que seu projeto é polêmico e renderá opiniões contrárias e favoráveis. André, no entanto, argumentou que a multa é maneira mais eficaz para combater o desperdício de água em Itabira. “Quando pesa no bolso, a pessoa aprende. Infelizmente, as pessoas só se preocupam em economizar água quando ela falta”, afirmou.

Multar o Saae?

Na última quinta-feira, 28 de setembro, quando o projeto era discutido na reunião das comissões temáticas da Câmara de Itabira, vereadores como Weverton Vetão (PSB) e Ronaldo Capoeira (PV) questionaram ao autor do projeto como a medida poderia também atingir o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae). Eles criticaram que o órgão tem grande parcela de culpa na taxa de desperdício registrado no município por causa da demora em conter vazamentos.

André Viana respondeu que seu projeto inicial previa essa possibilidade, mas que esse ponto foi retirado do texto do substitutivo porque somente a agência reguladora do estado (Arsae) tem poder para multar o órgão municipal. O posicionamento do vice-presidente, no entanto, não satisfez aos colegas, especialmente a Ronaldo Capoeira. O pevista avisou que pensaria em alguma emenda para conseguir atingir o Saae. 

Se você não tem Facebook, utlize o formulário abaixo para comentar.
03/10/2017 - 12h12
Joaozinho Santana
Itabira
Quero ver como é que vão definir o que é desperdício de água. Desde que entendo de gente, lavar não é desperdício. Logo, lavar calçada às vezes se faz necessário. Desperdício seria deixar água aberta sem estar utilizando.
1 0
02/10/2017 - 22h48
INDIGNADO
Itabira
Mas realmente falta consciência da população. Tenho observado moradores jogando água não só no passeio, mas também na rua. E além de lavar carro constantemente deixam a torneira aberta escorrendo desperdiçando água potável.
1 0
02/10/2017 - 22h45
INDIGNADO
Itabira
Está faltando dim dim na PMI por isso querem arrecadar das pessoas físicas, ou seja, da população. Empresa como o Saae, por exemplo arruma um jeitinho e nunca vai pagar.
1 0
02/10/2017 - 21h21
Vagner
Itabira
Uma decepção e vergonha para Itabira, projeto para multar as pessoas?! Os órgãos públicos deveriam é ter competência, deveriam é trabalhar em cima de uma solução de grande captação de água para os Itabiranos e não ter que criar algo daquilo que é de direito do cidadão, lamentável essa questão!!!
1 0
02/10/2017 - 21h06
Rosângela Reis
Itabir
Até que enfim... Sempre falava isso quando postava fotos de pessoas varrendo rua com mangueira. Tomara que o projeto seja aprovado.Quando falam.em desperdicio pelo SAAE acho muito pertinente. No ano passado.mandei um vídeo para o MGTV mostrando uma caixa dágua da entidade jorrando água pela rua. É isso é constante. Água tratada sendo descartada pelo ladrão.
0 0
02/10/2017 - 18h00
Maria
Itabira
Uso água na mangueira para lavar passeio. E para quase tudo em casa, Mas eh tudo vindo de meu reservatório particular q faço. Água reutilizável e das chuvas, aí vão me multar? Moro na vila paciência perto da capitania do taquinho.
0 0
02/10/2017 - 17h27
Élcio Lage Machado
ITABIRA
É até válido, o projeto, mas também deveriam valorizar e oferecer descontos na taxa de água, para aquele consumidor que faz de tudo para economizar, só fazem de tudo para arrecadar, nada pelo meio ambiente, além de venderem nossas áreas verdes, vitais para nosso bem estar e para nossos mananciais de água.
0 0
Novo comentário
Sou cadastrado
Não sou cadastrado
Comentário
Leia mais em: Cidade
Mais
Emprego