Quarta-feira, 18 de Outubro de 2017 -
RODOVIAS FEDERAIS

Operação 12 de Outubro restringirá tráfego de veículos de carga pesada

11/10/2017 18h00
IMAGEM DIVULGAÇÃO/CNT
A PRF vai proibir o tráfego de veículos de carga pesada em pistas simples – as de apenas uma faixa – nos períodos compreendidos entre as 6h e 12h do dia 12 (quinta-feira); e das 16h às 22h do dia 15 (domingo)

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) inicia nesta quinta-feira, 11 de outubro, a Operação 12 de Outubro nas rodovias federais brasileiras. A operação seguirá até o dia 15 de outubro. Durante o período, a PRF reforçará o policiamento ostensivo preventivo em locais e horários que, segundo sua base de dados, são de maior incidência de acidentes fatais e de criminalidade. Uma das medidas de maior relevância para priorizar a fluidez do trânsito nos horários de maior movimentação é a proibição do tráfego de veículos de carga pesada em pistas simples – as de apenas uma faixa – nos períodos compreendidos entre as 6h e 12h do dia 12 (quinta-feira); e das 16h às 22h do dia 15 (domingo).

Por meio de nota a PRF informou que dará prioridade a ações preventivas de fiscalização ao excesso de velocidade, alcoolemia, ultrapassagens proibidas e ao trânsito de motocicletas ou ciclomotores. Os policiais rodoviários alertam que, em geral, os acidentes graves costumam estar associados à imprudência do motorista, e que nesses casos é comum a ocorrência de múltiplas vítimas.

Segundo a entidade, no último feriado de 7 de setembro, período de feriado semelhante ao do 12 de outubro, foram registrados 1.162 acidentes que resultaram em 1.211 pessoas feridas e 108 óbitos. No mesmo período a PRF registrou mais de 45 mil infrações de trânsito nas rodovias federais. Desse total, cerca de 6 mil foram de ultrapassagens irregulares, 3.068 condutores sem cinto de segurança e 977 motoristas dirigindo após ingerir bebida alcoólica.

Ainda no feriado de 7 de setembro, a PRF atuando no combate ao crime, contabilizou 594 pessoas detidas em todo o Brasil. Também foram apreendidos mais de 3 toneladas de maconha, 47.883 mil pacotes de cigarros contrabandeados, 32 armas de fogo, 2.278 munições e 69 veículos recuperados.

Agência Brasil
Se você não tem Facebook, utlize o formulário abaixo para comentar.
Você pode ser o primeiro a comentar.
Novo comentário
Sou cadastrado
Não sou cadastrado
Comentário
Leia mais em: Gerais
Mais
Emprego